quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Paulo Pires

26.Fevereiro.2015

 Há, exactamente 47 anos atrás, nascia aquele que um dia seria o meu actor de eleição. Tão bom! Hoje, faz anos o Paulo. O grande Paulo Pires. Apesar de ter começado carreira na moda, foi a representação que o catapultou para o estrelato.
 Desde que me lembro de começar a perceber qualquer coisa de 'acting', que acompanho o trabalho do Paulo. Quando sei de algum projecto em que ele participe, começo a vê-lo por sua causa. Depois, entro no ritmo e acompanho a trama, claro!
 Onde o gosto mais de ver, é no palco. No Teatro. Embora não faça muito, fá-lo bem. E eu, tento sempre não perder a oportunidade.
 Os actores são seres como quaisquer outros. Têm a sua vida privada, e expõem-se ao essencial. Já tive a oportunidade de me cruzar com o Paulo 3 vezes. Bem, 4. A primeira de todas já foi há uns anos, e eu era demasiado nova e envergonhada para lhe ir falar. Foi num restaurante.
 O primeiro encontro foi em 2013, depois de ir ver uma peça com ele, enchi-me de coragem e lá fui pedir uma fotografia. Acho que tremia toda, mas não se sabe o dia de amanhã e perder essa oportunidade era estúpido da minha parte.
 O segundo foi um mês e pouco depois do primeiro, e por coincidência. Teve outro encanto. Passeava eu pela baixa com uma amiga, quando passámos pelo teatro onde ele estava em cena da altura.
 Quando encontro o Paulo na rua, penso sempre que tenho uma sorte imensa e vivo o momento como se fosse a última vez que acontece. Embora os actores sejam pessoas comuns, têm a sua vida e o seu percurso. Não sempre andam por aí a passear. Lá lhe fui falar, dois dedos de conversa e mais uma fotografia.
 Parece que a cada vez que o encontro, o momento sabe sempre melhor que o anterior. De facto, o último encontro deu-se à relativamente pouco tempo.
 Actualmente, o Paulo está com um trabalho em Teatro. O qual, obviamente, não poderia deixar de ir! No final da peça, fiz aquilo que todos os 'fãs' fazem. Esperar que o actor saia para poder 'eternizar' o momento. Mais uma fotografia. E, ao fim de quatro encontros, um belo autógrafo!
 Temos actores no nosso mercado muito bons. Óptimos. Mas, como parte da raça humana, temos preferências. O Paulo Pires é um grande actor. Gostava de ter mais oportunidades de o ver a fazer teatro!
 Acredito que, durante a vida, terei oportunidade de o encontrar mais vezes. Gosto de lhe falar. Gosto de lhe dizer o quanto gosto do seu trabalho. E que lhe estou sempre atenta!

Parabéns Paulo Pires!



Sem comentários:

Enviar um comentário